Acadêmicos, artistas, produtores e gestores culturais estiveram juntos no Seminário A Arte do Intercâmbio Cultural, discutindo os diversos contextos em que os intercâmbios culturais acontecem e produzem transformações (veja a programação completa aqui). De Shakespeare às culturas indígenas, passando por uma variedade de expressões artísticas e culturais, os debatedores convidados compartilharam suas experiências e pontos de vista, ressaltando o papel dos intercâmbios culturais na produção de novas oportunidades para os que moram e trabalham nas periferias das maiores cidades do mundo.

Durante o Seminário, realizado no dia 10 de junho, na Queen Mary University, em Londres, foi possível acompanhar as apresentações e os debates de ideias através do twitter do People’s Palace Project (clique aqui para ler).

A equipe de pesquisadores do projeto A Arte do Intercâmbio Cultural também apresentou os primeiros resultados do mapeamento sobre intercâmbio cultural, que já está se transformando numa fonte importante de informação e inspiração para quem pretende realizar parcerias entre o Brasil e o Reino Unido, além de ser uma documentação fundamental para compreender os intercâmbios de projetos artísticos e culturais que vêm acontecendo entre os dois países. Para colocar seu projeto no mapa, clique aqui e preencha o formulário da nossa pesquisa.

Com uma plateia bastante participativa, que acompanhou todo o encontro, das 9h às 18h, os debates entre público e convidados abordaram a complexidade dos intercâmbios entre culturas diferentes, ao longo da história, passando por circunstâncias extremamente violentas, outras ocasiões muito mais produtivas, e em todos os momentos crucial para a compreensão do mundo diverso em que vivemos.

Em um momento de tensão social, étnica, econômica e política que atravessamos, os intercâmbios culturais estão no centro do debate sobre a desigualdade, intolerância e direitos humanos. À medida que desenvolvemos nossos mapeamentos e estudos de casos, esperamos revelar mais sobre o papel atual dos intercâmbios culturais.